Historietas Inquietas (parte 3)

outubro 6, 2016 at 4:14 am Deixe um comentário

7.O MAU HUMOR DE EZEQUIAS

 

Era dos mais deploráveis o humor de Ezequias Medeiros. Acordava tendo o mundo como inimigo e a vida, como o pior dos flagelos. Tudo, e até mesmo alguns absurdos, era motivo para deixá-lo caído numa depressão que dava medo.

— Realmente odeio tulipas. – disse, certa vez, numa manhã de segunda-feira — Tenho por elas um ódio entranhando em minha alma. Considero-as como flores de uma idiotice desmedida. Se acaso pudesse, eu exterminaria toda a espécie das tulipas deste mundo.

E então arrumou-se para ir ao trabalho, implorando que o mundo acabasse antes de ele chegar até a empresa.

Numa noite de terça-feira, após assistir na TV a um jogo em que seu time favorito havia perdido de um a zero, foi deitar-se com uma nova conjectura:

— Fico indignado com a forma esférica. É de um mau gosto que me dói as entranhas. Quem diabos condenou as pobres bolas a serem esféricas? Abomino seja quem for que tenha imposto essa tirania a elas. Onde fica o livro arbítrio das bolas? Tenho pena delas! Ah, os deputados e senadores, esses desocupados, por que não fazem uma lei proibindo a forma esférica neste país?

E foi dormir sentindo-se invejoso dos mortos no terremoto do Haiti, os quais, ao menos, seriam poupados de acordar no tedioso dia seguinte.

No fim de uma tarde de quarta-feira, voltava do trabalho lamentando-se que algum atentado terrorista a tiros não tivesse ocorrido na cidade, pois, afinal, nada de realmente interessante parecia acontecer naquele município tediamente amaldiçoado.

Em casa, arriou pesadamente o corpo numa poltrona velha, tomou por única companhia uma xícara de café amargo com leite desnatado, olhou para um dicionário jogado num canto da sala e filosofou:

— E ainda há quem defenda essa classe incômoda dos adjetivos! Por que aqueles gramáticos, que ocupam nosso tempo com sandices, não abolem esses tais adjetivos da Língua Portuguesa? – e bebericou um pouco de café — Passaríamos muito bem sem essas coisas.

Na noite da quinta-feira chuvosa, que se seguiu, Ezequias ocupava-se de um jornal enquanto os céus castigavam as ruas da cidade com o maior aguaceiro daquele ano. Ele parou a leitura por um momento e disse desgostosamente:

— Aqui chove como o Diabo, lá no sertão, uma única gota de chuva não é vista há meses… Que natureza é essa, que não sabe dividir os recursos hídricos? Que repartisse esse tanto todo de chuvas entre aqui e os coitados dos sertanejos! Não sabe a natureza as noções mais básicas de gerenciamento? É o que digo: esta é a desgraça deste país: a ignorância, pois, nesta terra, até a natureza não sabe o que faz.

Na sexta-feira, acordou indisposto como o Inferno. Nem mesmo queria se levantar. Grunhiu algum palavrão impossível de ser escrito e murmurou:

— Desprezo com todo meu coração esse tal de oxigênio, esse elemento químico intrometido que se atreve a invadir minhas narinas sem convite algum. Pelo hidrogênio ou hélio, tenho lá minha simpatia, mas esse oxigênio merece que eu cuspa-lhe na cara! Estou decidido, não quero mais essa coisa nojenta em meus pulmões.

Ficou na cama fazendo planos. Sabia que tentar prender a respiração ou estrangular-se com as próprias mãos seria inútil. Então, lembrou-se do faroeste a que assistira na semana anterior e foi a mercearia Neco Rodrigues & Filhos. Esperou na porta até as 07:00 h, quando aquele estabelecimento abriu, e comprou a melhor e mais forte corda que o Sr. Rodrigues pôde oferecer.

Voltou para casa, prendeu a corda num viga no teto da cozinha, subiu numa cadeira, fez um laço e colocou-o no pescoço, e saltou para frente, como quem procura o infinito.

Morreu com um sorriso nos lábios. Partira vitorioso: havia derrotado o oxigênio.

 

Fim

 

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

AS MEMÓRIAS DO PEQUENO MARIO LUIGI ROSSO Gerald Bensamir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

outubro 2016
S T Q Q S S D
« set   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: