A CAIXA DE VOVÔ

maio 12, 2013 at 9:29 pm 9 comentários

A CAIXA DE VOVÔ
Por Rita Maria Felix da Silva

Eu caminho por um mundo morto. Tenho 19 anos… Não, estou indo rápido demais. Não foi assim que começou.

Há doze meses, eu tinha 18 anos, era dia de meu aniversário e fui ao sótão de minha casa. Desde criança fomos avisados para nunca subir até lá. Fosse o que fosse, a proibição estava relacionada a Vovô, porém o motivo nunca nos era explicado. Eu, todavia, estava cansado desse tabu bobo e sempre fui racional demais para concordar com tolices.

Vovô ocupava quase todo seu tempo livre em ler jornais, assistir a telejornais, acompanhar notícias pela Internet. Era obcecado por noticiários.

Num desses momentos, em que a atenção do velho estava toda absorvida por um telejornal, roubei três chaves que Vovô guardava num compartimento secreto embaixo da cama.

Com a primeira chave, abri a porta do sótão. Com a segunda, destravei o cadeado no baú de madeira num canto daquele lugar. De lá, peguei a caixa. Era pequena, metálica. Com a terceira chave, abri a fechadura e retirei a tampa da caixa. Uma explosão de sombras vociferantes me derrubou. Sombras que escaparam ferozmente destroçando a janela do sótão.

Abalado, caí ao chão. Levantei ao escutar a voz de meu avô, de pé próximo a mim.

— Miguel, eu guardei essa caixa por muitos anos, desde que assumi uma forma humana. Pelo bem deste mundo, eu apenas esperei, lutando em meu coração para não cumprir o que me fora ordenado. Durante todo esse tempo, observei este planeta piorar, enquanto eu rezava para que o Criador me mostrasse algo que justificasse eu poupar este mundo. Essa Caixa… Havia nela sete dos mais selvagens, dos mais terríveis e incontroláveis seres de minha espécie… Anjos. Você os libertou. Eles devastarão a Terra, mas há algo de piedade neles e, por agradecimento pouparão você. Eu também agradeço você. Por me livrar desse fardo.

Isso foi há exatamente doze meses. Eu tenho 19 anos agora. Vasculho escombros em busca de comida e tento sobreviver como posso. Eu caminho por um mundo devastado. Sempre que posso, visito o lugar onde enterrei vovô e toda minha família. Por minha culpa, eu sou tudo que restou da humanidade.

FIM
Dedicado a Tony Brandão

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

Elza A DECISÃO DE SVETLANA

9 Comentários Add your own

  • 1. Gianpaolo Celli  |  maio 12, 2013 às 9:48 pm

    Bem legal. Me lembrou a lenda da Caixa de Pandora. Parabéns!

    Responder
  • 2. Tony Brandão  |  maio 12, 2013 às 9:53 pm

    Um conto simplesmente tocante Rita. E muito obrigado pela dedicatoria.

    Responder
  • 3. Gustavo Samuel  |  maio 13, 2013 às 12:54 am

    massa

    Responder
  • 4. Alvaro Domingues  |  maio 13, 2013 às 1:21 am

    Um bom texto. Merecia ser um pouco mais longo, mas está adequado para um blog. Se um dia publicá-lo em papel ou mesmo ebook, de uma “espichada”.

    Responder
  • 5. Vladimir Ambrosine  |  maio 13, 2013 às 1:44 am

    Bah, gostei. Uma especie de caixa de pandora talvez

    Responder
  • 6. luizchamploni  |  maio 13, 2013 às 2:23 am

    Minha nossa! Rolou o corte de cenário mais abrupto da vida na minha cabeça enquanto lia o final da história. Ficou bem legal. Parabéns!

    Responder
  • 7. Adriana "Strix"  |  maio 13, 2013 às 3:52 am

    Wow. @__________@

    Responder
  • 8. Regina Castro  |  maio 13, 2013 às 11:47 am

    Ficou mto legal, lembrei de alguns filmes e de como me arrepio em pensar nisto. Mas merece mais atencao. Nao sou beta, mas acho q deveria ser melhor trabalhado para estende-lo um pouco mais!
    caso o faca, avise-me sim?
    Beijos.

    Responder
  • 9. Ana Lúcia Merege  |  maio 13, 2013 às 4:29 pm

    Achei bacana. Poderia crescer um pouco sim, descrevendo melhor a legião que deixou a caixa, mas bastaria isso. No mais, boa escrita e boa conclusão.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

maio 2013
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: