Elza

maio 9, 2013 at 6:32 am 6 comentários

ELZA
Por Rita Maria Felix da Silva

Domingo de Páscoa de 2013. Elza sentada no sofá da sala. Na TV, um daqueles programas tediosos.

Acendeu um cigarro. O médico aconselhara que parasse. Ao seu lado, o resultado dos exames. Ela teria apenas alguns meses de vida.

Deixou os pensamentos se perderem na fumaça. Seu marido, Heitor, fugira com a vizinha, Judite, a melhor amiga de Elza.

Seu filho, Dário, morrera atropelado enquanto andava de bicicleta, a mesma que ganhara três dias antes no aniversário de dez anos. O carro, um Hyunday preto, desapareceu velozmente no mundo.

Elza começara a beber. Passou a faltar ao trabalho na loja. Uma tarde, perdeu a paciência com uma colega maledicente e se atracou com ela na frente de todos. Demissão por justa causa. Agora as contas se acumulavam. Ao menos Dona Jandira estava sendo paciente com o aluguel…

Foi pegar uma bebida. Vodka. Levou a garrafa consigo, pegou também um copo na cozinha. Colocou a bebida na mesinha em frente ao televisor, de-pois de encher o copo. Voltou ao sofá.

Na tela do televisor, o comercial de uma ONG alemã: Benevolence Corp. Um velho falava em alemão com legendas em Português:

— A BC está agora atuando no Brasil e qualquer um pode ser beneficiado. Queremos fazer o bem, trazer piedade para as pessoas. Apenas nos aguarde.

Aquilo fez Elza dá um sorriso amargo. Devia ser golpe. Mais gente querendo ganhar dinheiro dos bestas.

Então, o celular tocou. A voz masculina do outro lado falava em Português com um sotaque forte:

— Boa tarde, Elza. Represento a Benevolence Corp. Observamos você e estamos interessados em sua vida. Temos a solução para todos seus problemas. Basta apenas que diga “sim” e enviaremos um pacote agora mesmo. E não vai te custar nem mesmo uma moeda. Prometo.

— Que solução? É dinheiro, é?

— Muito melhor que dinheiro. Apenas diga “sim”.

— Sim, claro, pode mandar.

A voz agradeceu e desligou. Elza sentia-se espantada com algo tão miraculoso. Se não fosse golpe, talvez sua vida voltasse a se acertar…

A campainha tocou. Elza deixou o cigarro e o copo na mesinha e atendeu a porta. Um rapaz alto e bonito, usando um uniforme azul escuro, com o símbo-lo da BC nele, cumprimentou-a num Português muito bem pronunciado, sorriu, entregou-lhe um pacote (uma caixa do tamanho de um tijolo, embalada em papel de embru-lho) e despediu-se rapidamente.

Elza levou o pacote até a mesa da cozinha. Havia nele um bilhete escrito à mão: “Para Elza: nossa piedade, para que volte a ser feliz”.

Ela riu e abriu a caixa com avidez. Ao retirar o papel de embrulho, uma luz azulada, tão intensa que a fez cobrir os olhos, escapou daquele objeto… E, no instante seguinte, Elza, o pacote e o bilhete foram desintegrados.

Tudo o que restou foi fumaça azulada flutuando na cozinha.

Naquele mesmo momento, remotamente a ligação da BC foi apagada do celular de Elza.

FIM
Dedicado a Adriana Rodrigues

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

Judite e Lorena A CAIXA DE VOVÔ

6 Comentários Add your own

  • 1. Jose Joaquin  |  maio 9, 2013 às 7:35 pm

    eu achei esta história muito interessante

    Responder
  • 2. Gianpaolo Celli  |  maio 9, 2013 às 7:57 pm

    A idéia é boa. Na verdade soa muito como alguns episódios do Além da Imaginação. Eu pessoalmente senti falta de um ponto de reviravolta na trama, em especial no final. Mesmo assim está muito legal. Parabéns!

    Responder
  • 3. Enio Myrddin  |  maio 9, 2013 às 8:33 pm

    Uma bela ONG essa. Uma solução definitiva pra todos os problemas rsrs.
    Parabéns pelo conto.

    Responder
  • 4. Adriana "Strix"  |  maio 11, 2013 às 3:34 am

    Brrrrrr…

    Responder
  • 5. Heitor V. Serpa  |  maio 12, 2013 às 4:51 am

    Me sinto honrado por partilhar o nome de um personagem. E a história, como sempre, impecável. O final me lembrou um pouco os poderes do Dr. Manhattan.

    Beijos

    Responder
  • 6. Regina Castro  |  maio 13, 2013 às 12:00 pm

    Me lembrei de Doc. Who, imagina so… Brrrr, medo!
    Acredito q se na vida acontecesse como nos filmes, estariamos caminhando para isso…
    Parabens pelo conto, uma bela ideia.
    Beijos

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

maio 2013
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: