UK_DE_ULKIMAR

março 4, 2012 at 10:37 pm 6 comentários

UK_DE_ULKIMAR

Por Rita Maria Felix da Silva

 

Esgotado e maldizendo o destino, Uk_de_Ulkimar, mago de décimo nível, fugia pela Floresta Vorticional, pois o maldito Rei Yulkin, agora convertido a uma estranha religião, decretara que todos os feiticeiros fossem executados.

De repente, lembrou-se das palavras de Xeno_de_Ramadi, seu falecido mestre:

“Nunca perca a esperança. De algum jeito o vento sempre volta a soprar”.

Velho tolo. Onde estava a esperança quando ele gritou como um animal enquanto o esfolavam? — Pensou Uk.

Saiu numa clareira na floresta e arregalou os olhos. Viu-se cercado por sacerdotes de Yulkin com afiadas espadas e vestes sombrias.

Em desespero, murmurou um encantamento, enquanto tirava da algibeira na cintura o que ainda lhe restava de pó mágico, e jogou sobre os encapuzados, contudo, protegidos por aquela fé bizarra, nada lhes aconteceu.

Uk recuou aterrorizado antevendo a voracidade daquelas lâminas. Porém, subitamente, um forte vento cobriu de folhas os sacerdotes, que gritaram e caíram transformados em pedra.

Confuso, o mago aproximou-se e pegou e cheirou uma das folhas. Árvores Zhenya, eficientes potencializadoras de feitiço.

Por segurança, recolheu algumas delas e guardou nos bolsos de sua roupa. Agradeceu aos deuses. Abençoado Xeno.

Sorriu e continuou fugindo.

FIM

Dedicatória:

 

Dedicado a UK (in gloriam), o do mundo real, excelente escritor, cara legal.
 Dedicado a Zhenya (in memoriam),uma vida breve e trágica.
 

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

EPÍLOGO NA MONTANHA TIANKONG NO VELÓRIO DE MANUEL TELÚRIO

6 Comentários Add your own

  • 1. Heitor V. Serpa  |  março 4, 2012 às 10:55 pm

    Belíssima homenagem aos seus amigos Rita, tenho certeza de que eles se sentirão honrados com ela. O conto em si também foi fantástico, e parece o prelúdio de algo muito maior. Eu gostei.

    Beijos

    Responder
  • 2. Jose Joaquin  |  março 10, 2012 às 6:59 pm

    I enjoyed the story

    Responder
  • 3. Jessica Aluada Borges  |  março 10, 2012 às 10:58 pm

    Gostei bastante do conto, como disseram acima, parece o início de algo maior ^^ no aguardo
    Parabéns!

    Responder
  • 4. Diego J.  |  março 10, 2012 às 11:08 pm

    Gostei Rita! Continue o bom trabalho!
    DJ.

    Responder
  • 5. Cirilo S. Lemos  |  março 11, 2012 às 4:04 am

    Reparei que muitos dos brevíssimos textos da Rita, de alguma forma, são sobre indivíduos buscando a liberdade.

    Responder
  • 6. clintondavisson  |  março 11, 2012 às 4:14 am

    sempre me encanto com os encantamentos da Rita… 😉

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

março 2012
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: